marketing-juridico--voce-sabe-fazer-o-seu-5304

O Marketing é uma atividade que busca estudar e compreender o mercado e as expectativas dos potenciais clientes para, então, conquistá-lo e estabelecer uma relação comunicativa e de reciprocidade. Com o Marketing Jurídico não é diferente, no entanto, nesse ramo específico ainda existe muita controvérsia sobre o tema.

Contudo, diante da concorrência acirrada do mercado, o Marketing passa a ser uma ferramenta essencial para o sucesso do escritório de advocacia, principalmente para aqueles que estão ingressando na carreira. No post de hoje vamos esclarecer algumas questões importantes para quem precisa fazer o seu Marketing Jurídico, mas ainda tem dúvidas. Confira!

Como fazer um bom Marketing Jurídico

– Siga as dicas dos profissionais! 

Embora caiba ao advogado se especializar e dominar os temas de sua área de atuação, devida a grande concorrência no mercado de trabalho, para conseguir conquistar o sucesso na carreira profissional é importante adquirir conhecimentos médios sobre administração, finanças e marketing. Afinal, além das atividades especificamente jurídicas, o advogado precisará gerir o seu negócio.

Ter um website é sinônimo de existência no mercado, considerando que as pessoas estão cada vez mais conectadas à internet, não ter uma presença virtual pode comprometer o sucesso de qualquer negócio. Ainda que um site não seja responsável por trazer clientes diretamente, e nem é essa a sua função, possuir um website faz parte de um bom Plano Estratégico de Marketing.

Mas como abordar os leitores de seu site? Os simples anúncios não são bem recebidos pelos usuários da rede. Por isso, produzir conteúdo na internet é uma das maneiras mais simples e eficientes para criar uma reputação profissional, principalmente para quem está iniciando na carreira.

Diferente do que acontece com a publicidade em que o foco está na propagação da marca ou empresa, o marketing de conteúdo busca levar informação de qualidade ao leitor e, através disso, criar relacionamentos com potenciais clientes. Para saber dicas de como criar um blog jurídico, clique aqui e leia o próximo post.

– Esqueça os mitos!

O marketing jurídico não tem uma relação direta com a advocacia empresarial, como muitos pensam, na verdade pode e deve ser feito por qualquer escritório de advocacia e mesmo por advogados que atuam individualmente e pretendam ampliar o relacionamento com os clientes.

Também não se trata de um custo, o marketing é uma atividade tão importante como a administração ou as finanças de uma empresa, e, dessa forma, deve ser considerada um investimento, que certamente trará retorno.

Por fim, outro mito muito difundido e que deve ser desmitificado é a ideia de que o Marketing Jurídico viola a tradição e ética profissionais da advocacia. Mas isso, definitivamente, não é verdade.

Aliás, o Código de ética e disciplina da OAB prevê uma série de normas para reger o marketing feito pelo advogado, se é assim basta observar as limitações legais e fazer um Marketing Jurídico de forma ética e eficiente e garantir seu espaço no mercado. Confira no post que trata sobre o tema, clicando aqui!

E, então, pronto para começar a fazer o seu Marketing Jurídico e ampliar o relacionamento com seus clientes? Ainda tem dúvidas sobre o tema? Compartilhe com a gente, deixe seu comentário no post. Quer saber mais? Continue com a gente e descubra mais sobre o Marketing Jurídico.

Deixe seu comentário
Facebooktwittergoogle_pluslinkedin